Entenda a importância do acompanhamento odontológico

Muitas pessoas deixam de lado a importância do acompanhamento odontológico e vão ao dentista apenas quando há algum problema dentário, fazendo com que sejam necessários procedimentos mais complexos.

Afinal, o descuido com a prevenção pode ocasionar em complicações que, inclusive, podem se mostrar irreversíveis e atingir os demais tecidos do corpo.

Por esse motivo, todos devem fazer o acompanhamento regular da saúde bucal com um profissional a fim de garantir um sorriso bonito e saudável.

No entanto,  os números mostram que a maior parte da população brasileira ainda não realiza tal ação, e isso pode ocorrer por diversos motivos, desde a não compreensão da importância dessa medida até por verem como um serviço de difícil acesso.

Apesar disso, nos últimos anos, pouco a pouco, esse cenário vem se modificando.

Primeiramente, o número de profissionais vêm crescendo consideravelmente, ampliando o acesso ao serviço.

Para se ter uma ideia, o crescimento do número de dentistas ativos no Brasil é de cerca de 42% nos últimos dez anos, passando de 300 mil profissionais da área odontológica, segundo dados oficiais do Conselho Federal de Odontologia (CFO).

A proporção é de cerca de 1.500 dentistas por 1 milhão de habitantes, superando todos os outros países do mundo.

Para se ter ideia, nos Estados Unidos, o segundo país com a maior proporção de dentistas por habitantes, são cerca de 780 profissionais da odontologia para cada milhão de habitantes.

Apesar do número de dentistas formados no Brasil ser o maior do mundo, cerca de 55,6% dos brasileiros não fazem consultas com um profissional da odontologia anualmente, mesmo com a recomendação dos especialistas de que todos devem se consultar ao menos a cada seis meses.

Mas, afinal, qual a real importância de ir regularmente ao dentista? O que são feitas nas consultas? É viável ter um plano odontologico para isso?

Essas e outras perguntas serão sanadas no decorrer deste artigo. Confira.

A importância das consultas odontológicas

A consulta odontológica regular se trata de um check-up, ou seja, um exame básico para avaliar como anda a saúde bucal do paciente, a fim de localizar se há algum problema na cavidade, pois quanto antes alguma complicação for localizada, mais fácil é de tratar.

Por isso, é preciso incluir a consulta odontológica na rotina, criando o hábito de realizar a visita semestralmente.

Tal medida deve ser adotada por toda a família também, para que todos cuidem devidamente de sua saúde bucal.

Inclusive, uma forma mais em conta de proporcionar isso aos dependentes é utilizando a possibilidade de abrangência de um convenio odontologico empresarial.

Junto às práticas diárias de higienização bucal e alimentação balanceada, as consultas regulares com um dentista são o pilar da saúde bucal, prevenindo problemas como:

  • Halitose;
  • Cárie;
  • Gengivite;
  • Periodontite;
  • Câncer bucal;
  • Problemas no sistema cardiorrespiratório.

Além disso, a prevenção não é apenas com o organismo, mas também com a saúde mental, pois pessoas com problemas nos dentes tendem a se sentir inseguras para falar, atrapalhando a comunicação no trabalho, escola ou faculdade, além de aumentar desconfortos emocionais.

O que é feito nessas consultas?

Geralmente, essas consultas rotineiras são tidas como “básicas”, para avaliar a condição geral da cavidade e não costumam demorar.

Nela, será feita uma avaliação dos dentes, gengivas e de toda a  boca, com o objetivo de verificar se está tudo dentro dos conformes ou há predisposição a alguma doença bucal.

Além disso, o profissional de plano odonto empresarial ou individual também fará a profilaxia, que se trata da limpeza mais completa e profunda, que também utiliza bicarbonato de sódio, deixando o sorriso mais bonito, forte e brilhante.

Em meio à limpeza, o dentista deverá retirar o tártaro dos dentes por meio da raspagem, eliminando a camada que é feita a partir do acúmulo dos resíduos alimentares.

Em alguns casos, com um plano odontologico empresarial, por exemplo, o profissional pode pedir uma radiografia para constatar se não há algum problema mais profundo.

Isso porque, muitas vezes as cáries podem aparecer entre os dentes e só é possível localizar com o exame radiográfico, demandando tratamentos mais complexos para recuperar a estrutura.

Depois do procedimento de limpeza, o dentista fará a aplicação do flúor, para que o esmalte do dente esteja intacto e a dentição fique nutrida por mais tempo, evitando alteração na coloração dos dentes e prevenindo doenças bucais, como a cárie.

Para que todos tenham acesso aos serviços odontológicos com um preço mais acessível, as operadoras possuem diversas modalidades, como é o caso doplano odontologico para MEI, que possui serviços básicos garantidos pela agência reguladora ANS com um custo-benefício viável para um microempreendedor, por exemplo.

Mais ainda, seja por meio do atendimento particular de confiança, um plano individual ou mesmo a partir da adesão de um plano coletivo, a visita deve ser feita regularmente para permitir um melhor acompanhamento e histórico de necessidades específicas, sendo o ideal se consultar em uma mesma clínica e/ou rede.

Apesar disso, o plano dental coletivo empresarial – ou de outros modelos – facilita o acesso a procedimentos estéticos e ortodônticos mais complexos, mas que fazem a diferença para garantir um sorriso bonito e saudável.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.

You May Also Like