Como criar um startup: 5 ideias que podem ter sucesso

Quem olha para as principais empresas de tecnologia que atuam no Brasil, como o Rappi, por exemplo, não entende o quanto é difícil saber como criar uma startup do zero e ter sucesso. Afinal de contas, conseguir criar uma empresa da área pode não ser tão difícil assim: basta seguir o processo burocrático. O problema é criar uma startup de verdade, ter sucesso e conseguir estabelecer um modelo de negócios eficaz.

Aqui no Brasil, o mercado é bem hostil. Em nosso país, 50% de todas as empresas vão à falência em menos de 4 anos de atividade. Ou seja: existe um teto de vidro gigantesco que filtra os negócios. Aqueles que conseguem se manter de forma lucrativa, ficam. Os que não conseguem, vão embora rápido. Apenas as melhores empresas, mais treinadas e com mais recursos conseguem sobreviver a esse período complicado.

Quer ver algumas ideias que podem ter sucesso no Brasil? Quer aprender como criar uma startup do jeito correto? Então siga o artigo abaixo!

5 ideias de como criar uma startup

1. Facilite a alimentação saudável

A preocupação com alimentação saudável só cresce no Brasil. Não é difícil de imaginar o porquê quando olhamos os dados: além de um aumento significativo na obesidade no Brasil, vemos uma mudança de paradigma na sociedade, com mais gente se tornando interessada em comer melhor e com mais saúde.

No entanto, ainda existem muitos obstáculos para conseguir transformar a sua dieta. Os problemas são inúmeros: desde saber o que comer e como montar um bom cardápio até encontrar os alimentos para comprar e saber como prepará-los.

Onde existem problemas, existem oportunidades para startups e seu negócio pode começar daí. Que tal criar uma plataforma digital que conecte produtores e vendedores de comida orgânica com os consumidores?

Outra ideia pode ser criar uma caixa de assinatura que entrega na casa do consumidor, todas as semanas, uma série de legumes e vegetais, incluindo com receitas para quem não sabe o que fazer com cada opção.

Enfim, o ideal é encontrar um nicho em crescimento e pensar em como resolver os problemas da sua persona. Quanto mais você facilitar a vida dos outros, mais clientes terá.

2. Conecte vagas de estacionamento em grandes centros

O Brasil tem aproximadamente 46,3 milhões de automóveis em circulação no país. O problema: não existem vagas o suficiente para estacionar e fazer as suas compras. 

Em alguns lugares, no entanto, é muito mais fácil estacionar. Pense, por exemplo, em um shopping: hoje em dia, com os sensores de vagas de garagem, ficou mais fácil encontrar um lugar para parar o seu carro.

Então que tal fazer a mesma coisa, mas na cidade inteira? Usando um bom aplicativo e muita criatividade, dá para mapear todas as oportunidades de estacionamento na cidade, desde as pagas até as gratuitas e identificar quando elas estão disponíveis ou não. Em grandes centros urbanos, esse aplicativo seria muito útil e um sucesso enorme.

3. Invista em Legal Design

Você já ouviu falar em Legal Design? Trata-se da criação de peças jurídicas pensadas para serem mais ágeis e de fácil entendimento. Um exemplo seria um contrato digital que é visual: as informações são facilmente dispostas em slides majoritariamente visuais. Tudo é assinado com um certificado digital.

Essa estratégia tem tudo para explodir nos próximos anos, conforme nossas vidas vão ficando mais e mais digitalizadas. Como o Legal Design ajuda na compreensão e na redução de problemas, será uma ferramenta vital.

Sua startup pode fazer esse tipo de serviço, criar mecanismos de apoio para ele ou mesmo prestar consultoria ajudando advogados a trabalhar com esse conceito. As oportunidades são muitas.

4. Junte quem precisa de financiamento com quem tem dinheiro

Imagine que você é um cientista e quer estudar alguma questão específica, mas não tem financiamento. De outro lado, existe uma empresa que possivelmente poderia usar o resultado desse estudo para desenvolver produtos ou serviços.

Juntar esses dois pontos é uma ideia interessante para a sua startup. De um lado, o cientista ganha o financiamento para fazer sua pesquisa. Do outro, a empresa ganha a pesquisa sem ter um departamento de desenvolvimento.

Tudo isso pode ser facilmente organizado em uma plataforma digital fechada, com espaço para as empresas analisarem as propostas e financiarem os estudos.

5. Digitalize a vida do público com mais de 60 anos

Por fim, não dá para negar como a nossa vida é cada vez mais digital. Jovens de 20 anos possivelmente nunca viram uma foto de filme na vida, só digital. No entanto, existem milhões de brasileiros com uma longa vida já e que sempre lidaram com tudo de forma analógica.

Um ótimo serviço para a sua startup pode ser “digitalizar” a vida de uma pessoa na 3ª Idade, tornando-a pronta para o Século XXI. Isso vale desde digitalizar documentos e fotos antigas, ensinar a usar o smartphone e muito mais.

Pronto! Agora que você já viu essas ideias que podem ter sucesso, só precisa aprender como criar uma startup para colocá-las em prática. Existem algumas boas sugestões de empresas para você desenvolver aí em cima. O próximo passo é montar um modelo de negócios, testá-lo, elaborar um protótipo de produto, testá-lo e então começar a procurar por investidores-anjo. Quem sabe o que você não consegue fazer?

Gostou dessas dicas? Quais dessas ideias de negócios você considera mais interessante? Comente abaixo!

You May Also Like